1.9.06

Big Joe Manfra – Fnac Paulista – 01/09/06

Blues para 11

Chegar na Fnac Paulista foi um sufoco. A chuva torrencial, as poças enormes da Avenida Paulista, todo o cenário conspirava contra o show do bluesman Big Joe Manfra.

Em cima da hora, às 19h, entrei no Fran’s Café da Fnac, mas a apresentação não havia começado. E mesmo com as mesas do café lotadas havia pouca gente sentada esperando pela apresentação. Eram exatamente onze. A sensação era que chuva atrapalhara os planos de muita gente.

19h30 a banda entrou no palco e se ajeitou aos instrumentos. O clima era de total descontração: enquanto Big Joe acertava sua guitarra, o baterista Caio falava ao celular.

As primeiras notas e um blues clássico veio à tona. Misturando músicas conhecidas com composições próprias, o quarteto deu uma ótima pincelada do que é um bom blues – por vezes jazz.

A voz de Big Joe não é afinada, mas seus solos de guitarra compensam. Com palhetadas rápidas e bends típicos de blues, logo despertou a atenção daqueles que estavam nas mesas do café. O saxofone tenor de A.C. deu um tom mais jazzístico ao show. Solos rasgados e com frases inteligentes.

A cozinha, outro ponto positivo, chamava a atenção pela qualidade mesmo em meio a tantos solos de sax e guitarra.

Enquanto baixo e bateria faziam a tradicional base de blues, andante, guitarra se revezava entre bases e solos, enquanto sax solava e soltava de vez enquando um riff ou outro.

Cinqüenta minutos depois, acabou o show e todos voltaram à chuvosa realidade paulistana.

Custos
Transporte – R$2,10 (metrô na ida, voltei a pé)
Café – R$0,70
Total – R$ 2,80

Nota – 8,5
(fotos por Carolina Splendore Cameron)

2 comentários:

Carol disse...

Ah! Eu gostei!
Blues é legal! =)

Eu sou çensual e vc é culti!

Anônimo disse...

Oi, lindao!

Direto de Boca Raton pra Sampa, a terra da garoa torrencial...
Po, li sua critica e adorei! Fiquei com vontade de ter ido ao show com vc. Eu sei que se eu tivesse ai, acabaria nao indo, mas ler seu texto me deu uma saudaaaaaade... Continua esse trabalho 10 por ai!
Tudo de bom, meu lindo!
Nena