8.9.06

Gabriel Guedes - Sesc Avenida Paulista - 07/09/06

Patriamada

Chego na Paulista 5 minutos atrasado, e a apresentação de Gabriel Guedes havia começado pontualmente às 18 horas. Pego um ingresso, que entrego segundos depois pra outra pessoa (burocracia um tanto quanto desnecessária) e entro no auditório do Sesc. Praticamente lotado - o que me surpreendeu, num feriado.

Nessas alturas, o músico baiano (e maior expoente do chorinho em Minas Gerais) já tinha cativado o público, absurdamente heterogêneo. Casais com filhos pequenos, velhinhos solitários, moleques barbudos e cabeludos. Talvez essa tenha sido a deixa para que Gabriel e seu trio (Luizinho 7 Cordas, Andrézinho do Cavaco e Edinho do Pandeiro) improvisarem coisas absolutamente distintas, como um estudo de Bach, um trecho da 9ª sinfonia de Beethoven e, pasmem, até o riff de “Smoke on the Water”.

Embora o som não estivesse uma maravilha (como brincou o bandolinista: “essa andorinha contra esse verão todo”, referindo-se ao desequilíbrio entre peso do violão de sete cordas e o volume de seu instrumento), e o grupo economizar tempo pulando a maioria das introduções, Gabriel Guedes & Trio encantaram a platéia com os chorinhos de Godofredo Guedes e algumas composições de Pixinguinha e de Jacob do Bandolim.

Entre as músicas, as histórias de como Gabriel descobriu o chorinho: Uma pasta com as composições de seu avô Godofredo chamava sua atenção desde criança. Mas, só quando começou a estudar piano, percebeu o que tinha em mãos. “Sempre achei super legais aqueles desenhos pequenininhos subindo e descendo na partitura.”

Numa sintonia invejável, o quarteto encerra aplaudido de pé, e volta pro bis com “Lamentos”, do Pixinguinha. “Com introdução, dessa vez. Vocês já estão aqui há uma hora, uma introduçãozinha não mata ninguém, né?”

Ao fim da apresentação, era possível comprar o CD “Choros de Godofredo”, por R$ 20,00. E, se eu tivesse levado vinte reais na carteira, certamente o teria comprado.

Custos:
Transporte: R$ 4,20 (ida e volta de metrô)
Nota: 8

Matéria por Daniel Neri Tomiate
Imagem: divulgação

5 comentários:

Anônimo disse...

Hey,nice blog!!! Won't you check out this website I found where you can
make a little extra on the side... wink wink ;) Visit Our Site

Allan Brito disse...

Aeeee... parece q o show foi sensacional hein... qria ver esse misto d Beethoven e depois Smoke on The Water!!! Parabéns Tomate!

déco disse...

po, eu fui ontem 9/9 assistir leo maia e ed mota, cheguei 2 horas antes do show, mas nem sinal dos ingressos, snif

;)

Cida Caires Meira disse...

Palmas!! Viva o Chorinho!!
o chorinho sempre presente na minha vida, através do meu pai Né Meira do chorinho, e através da comn do orkut chego até o seu blog e consequentemente descobrindo o "Choros de Godofredo".

Parabéns pelo blog-arte!!

um abraço,

Fernanda Almeida Silva disse...

Enfim a palavrinha ao fim da matéria: TOMIATE!
[demorou mas agora faz parte, né? hehe...]
Gostei bastante da matéria!

Beijos