15.7.06

Sesi Jazz & Blues (André Christovam, Andreas Kisser & Brasil Rock Stars) - Sesi -14/07/06

O velho Rock

Senhores de idade em busca de um bom blues sentados ao lado de incansáveis fãs de Sepultura, banda do guitarrista Andreas Kisser. Pai, mãe e filha com um gostos musicais distintos interessados em saber que tipo de som sairia de lá. Ninguém sabia com certeza. Mas não tardou para muito para que todos descobrissem qual era a cara daquele grupo que misturava um guitarrista de blues, um de rock pesadíssimo e uma banda de rock. Pontualmente às 21h as cortinas se abriram e o som da música Jailhouse Rock podia ser reconhecido: era o bom e velho Rock ´n Roll.

Um show para agradar a todos os amantes do Rock Clássico, com um set list que variou de Jimmy Hendrix a Deep Purple, Led Zeppelin e outros. Os músicos se divertiam entre si naquela volta às origens, e surpreendeu ver Théo Werneck, ex DJ do programa de Luciano Huck, cantando em algumas músicas (muito bem, por sinal) e tocando guitarra.

O público assistiu ao show inteiro sentado, o que é estranho num show de rock. Pediam, de forma alta, insistente e pedante músicas de várias bandas, como se estivessem num boteco falando com algum cantor qualquer. André Christovan, de forma bem humorada, disse que não poderia tocar Janis Joplin, pois “não havia se depilado naquele dia”. Outro caso chegou a ser pior: um expectador gritava, todo final de música, que a guitarra de Théo Werneck estava alta demais (depois de Kisser pedir para aumentarem a sua logo na primeira canção). Théo não se agüentou e perguntou para o fã: “quer que eu saia?”. O público veio abaixo em palmas e risos, e o simpático músico tentou consertar: “todo mundo tem direito de se expressar, e ele fez isso”. Mas completou: “só tem que pedir com jeitinho”.

Apesar das músicas excelentes, o altíssimo nível dos músicos e a felicidade da platéia (principalmente dos mais velhos), dava para notar que não é uma banda que toca junto muitas vezes. Em duas entradas tiveram dificuldades de acertar o passo e no final de uma música um guitarrista deu uma nota a mais. Nada que estrague a festa, principalmente por que esta tinha como prato principal a degustação de um raro momento de ótimas músicas com instrumentistas que dispensam comentários. Ver Andreas Kisser solando na música Lazy, de Deep Purple, é insolitamente belo.
O guitarrista do Sepultura, que querendo ou não acabou sendo o centro das atenções, após o show foi calmamente atender aos fãs que queriam cumprimentá-lo, queriam uma palheta ou simplesmente vê-lo de pertinho. Consegui sem esforço chegar até ele e pedir para tirar uma foto para o site, de preferência com careta. “Sem problemas, vamos lá!”, e me puxou para cima do palco para desespero dos seguranças da casa.

Custos -
Yakissoba da Paulista - R$ 2,50
Transporte - Fui e voltei a pé
Total - R$ 2,50

Nota - 8

Banda – André Christovam (guitarra e voz), Andreas Kisser (guitarra), Paulo Zinner (bateria), Théo Werneck (leap steal, guitarra e voz), Vasco Faé (voz), Sílvio Alemão (baixo) e Daniel Latorre (teclados)

Set List:
1. Jailhouse Rock – 2.Strange Kind of Woman – 3.Crosstown Traffic – 4.Lazy – 5.Thank You – 6.Rock ´n Roll – 7.Sunshine of Your Love – 8.The Wizard – 9.Blues in Gm – 10.Dancing Days – 11.Politicians – 12.Going Down

Foto 4 - André Christovam

(Clique nas fotos para vê-las ampliadas. Todas as imagens desta matéria são propriedade exclusiva do Arte Free)

Um comentário:

leitora disse...

Estive lá...
Foi bacana!
Tudo bem que nos intervalos entre as músicas o auditório virava uma feira rs.

Sem mais.